Vitor Hugo
Sonho mais do que o normal e acredito muito nas pessoas.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Se Por Acaso Eu Me Lembrar
Se por acaso eu me lembrar
De tua voz quente e amiga
Que fazia do meu coração pequeno
um bocado de cera derretida,
Mesmo com toda aquela idade,
Então sim, eu era um menino.

Se por acaso eu perceber
De quanto que o tempo passou
A barba que ganhei, mudei
Os sonhos vieram e outros depois
Com tudo isso sei que aqui dentro
sou simples, o mesmo menino

Se por acaso eu me pegar lembrando
De coisas que não voltarão mais
É de certo que não researei a saudade
E se ela aparecer e eu então chorar
Tudo bem eu ainda sou mesmo
Tenho no coração a alma de menino

Se por acaso não houver mais forças
Com essas para voltar atrás
E mesmo se eu tivesse não poderia
Hoje o meu corpo é de um homem feito
Talhado e lapidado nas agruras do tempo
Não sou somente um pequeno menino.
Hugo Deff
Enviado por Hugo Deff em 22/08/2016
Alterado em 24/08/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras