Vitor Hugo
Sonho mais do que o normal e acredito muito nas pessoas.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Por Favor Deixe-Me Ir


Aqui neste leito almofadado eu vejo
Aqui nesta cama esbranquiçada vejo
O céu azul torna-se sempre negro
As nuvens contarem velhas histórias
Com tintas brancas e letras redondas
Tela azul, Vermelha e laranja
O sol que sempre vejo vir, vai
Não ouvi ainda as despedidas
Encostado sobre travesseiros na cama

Por favor deixe-me ir
Por isso que há muito já sofri
As dores entorpessem meus pensamentos
Estarei fadado um dia ao esquecimento
Por favor não fique triste deixe me ir,
Dá-me agora o meu adeus

Já sofri de mais não quero tornar atrás
Já sonhei até não querer um pouco mais
Já chorei e misturei águas no chuveiro
Já calei ao pio do pardal no parapeito
Então por favor deixe-me ir.
Amigo um dia nos veremos às portas do paraíso.

Hugo Deff
Enviado por Hugo Deff em 23/08/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras