Vitor Hugo
Sonho mais do que o normal e acredito muito nas pessoas.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Louco Amor Absurdo, Amor Puro
Só queria dez minutos
E um tantinho de amor absurdo
Andar pelo pelado na praia
E me perder nu pelo teu mundo

Só queria ao menos dez minutos
Pra dizer a você e também ao mundo
Que nosso amor é incompreensível
Mas é verdadeiro mesmo que invisível

Um tantinho de "absurdez" sim
Pois é assim que nos vê o mundo
Ele é o que nos move, amor absurdo
Nos envolve na vida, na cama e na lida
Amor de dentro pra fora que se move
Num tantinho de nosso absurdo segredo
Que vem de mim pra você e de você pra mim
As vezes bem devagarzinho vai
Queimando a alma, a carne e a mente  
E no final tô me sentindo bem calminho
Eita! Prazer a dois é bom de mais gente!

Andar pelado na praia sem passos de concepções
Sem trajes de preconceitos e modismos sem noção
Sem roupas impostas livres das vestimentas ideológicas
Que nos prende aos grãos de areias dessas idiotices besteiras
Sejas tu a minha linda e inalcançável sereia
E lhe dou eu em minha vida inteira

E se eu me perder nu pelo mundo de teu mundo
Retire meus medos de minha mente
E aumenta por te os desejos do coração
De amor, de carinhos, de paz e bem querer
Nu nasci e assim prefiro morrer
Que seja bem velinho em teus braços
Quentinhos cheios de afetuosos cuidados e carinho




Hugo Deff
Enviado por Hugo Deff em 04/09/2016
Alterado em 04/09/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras